quarta-feira, 29 de abril de 2009

AS PRIMEIRAS TAÇAS DE PORTUGAL CONQUISTADAS

A Taça de Portugal começou a ser disputada na época de 1938/1939. O Campo das Salésias foi o primeiro palco da final, cenário que se repetiu durante mais uns anos, ainda que o Campo do Lumiar tivesse sido utilizado em duas ocasiões, mais precisamente nas épocas de 1939/40 e 1941/1942. A partir de 1945/1946, passou a ser disputada no Estádio Nacional, no Jamor.

A primeira edição foi ganha pela Aca
démica de Coimbra a que se seguiram conquistas pelos três grandes de Lisboa.

A primeira participação do FC Porto deu-se na
época de 1952/1953, mas os portistas foram goleados pelo Benfica por 5-0.

A época de 1955/1956 foi de glória e grandes conquistas. Ao título nacional , o FC Porto associou a conquista da Taça de Portugal, no Jamor fre
nte ao Torreense, por 2-0, obtendo a sua primeira na prova e simultâneamente a primeira dobradinha.

Foi um feito de uma equipa equilibrada, orientada pelo brasileiro Yustrich e onde pontificava o talento de Hernâni, o autor dos golos, a segurança de Virgílio e Miguel Arcanjo, o pulmão de Monteiro da Costa e Pedroto e ainda o poder de fogo de Jaburu.

As equipas alinharam: FC Porto - Pinho; Virgílio, Miguel Arcanjo e Osvaldo Cambalacho; Pedroto e Monteiro da Costa; Carlos Duarte, Hernâni, Jaburu, Gastão e Perdigão.

Torreense: Gama; Amílcar, António Manuel, e Fernandes; Belén e Fornéri; Carlos Alberto, José da Costa, João Mendonça, Gonçalves e Fernando Mendonça.

Árbitro: Herminio Soares da AF Lisboa


Na foto da esquerda para a direita, em cima: Manuel Pinho, Pedroto, Monteiro da Costa, Miguel Arcanjo, Osvaldo Cambalacho e Virgílio; Em baixo: Hernâni, Gastão, Jaburu, Carlos Duarte e Perdigão.

Na época de 1957/1958, o FC Porto treinado por Otto Bumbel voltou ao Jamor para defrontar e derrotar o Benfica, por 1-0. Mais uma vez o autor do golo portista foi Hernâni. Foi a 2ª Taça de Portugal.

As equipas alinharam: FC Porto - Pinho; Virgílio, Miguel Arcanjo e Barbosa; Ângelo Sarmento e Albano Sarmemto; Carlos Duarte, Hernâni, Osvaldo Silva e Perdigão.

Benfica - Bastos; Calado, Manuel Serra e Zezinho; Pegado e Mário João; Palmeiro, Coluna, àguas, Azevedo e José Maria Bastos.

Árbitro: Álvaro Rodrigues da AF Coimbra

Na foto da esquerda para a direita, em cima: Virgílio, António Barbosa, Miguel Arcanjo, Ângelo, Albano Sarmento e Manuel Pinho; Em baixo: Carlos Duarte, Gastão, Osvaldo Silva, Hernâni e Perdigão

Fontes: Livro de Ouro, do Diário de Notícias; Wikipédia

2 comentários:

POR UMA REVOLUÇÃO NO FUTEBOL EM PORTUGAL disse...

http://www.ipetitions.com/petition/revolucaofutebolportugal/

dragao vila pouca disse...

Esperemos que esta época, também consigamos a dobradinha. Estamos, pelo menos, em óptimas condições para o conseguir.

Um abraço