domingo, 19 de abril de 2009

EM TRÊS MINUTOS SE DECIDIU O VENCEDOR

FICHA DO JOGO

(Clicar no quadro para ampliar)

Com a nona vitória consecutiva fora de casa, o FC Porto continua firme rumo ao tetra.

No entanto o jogo apresentou-se bem mais complicado do que o resultado final pode sugerir, face à oposição bem arquitectada dos estudantes. A Académica iniciou com pendor atacante e bem posicionada a meio campo, obrigando os campeões nacionais a cometerem alguns erros na transposição para o ataque e a ter de jogar mais recuados.

Só cerca dos vinte minutos os Dragões conseguiram equilibrar e partir com algum perigo para o ataque, mas sem grandes registos até ao intervalo.

No recomeço a toada parecia manter-se até quem num intervalo de três minutos o FC Porto sentenciou a partida. Primeiro na cobrança de um livre por Raúl Meireles que encontrou em Rolando um interprete fiel de cabeceador exímio, batendo inapelavelmente Peskovic e a seguir, Lisandro Lopez beneficiando de uma grande penalidade, depois de ser derrubado na àrea de rigor por Amoreirinha.

A Académica sentiu o rude golpe e desmoronou-se. Até final as oportunidades foram aparecendo até que já na parte final da partida, numa jogada de envolvimento, Hulk que recebera um passe de Farías, cruzou com peso conta e medida para o coração da àrea onde acorreu muito oportuno Mariano Gonzalez a facturar o terceiro da noite.

Numa exibição pouco mais que sofrível sobressairam Sapunaru e Cissokho, ambos muito confiantes, bem como Fernando, para mim o melhor de todos.

Olegário Benquerença desta vez deu uma ajuda ao interpretar uma bola na mão de Raúl Meireles, que sinceramente me parece falta para penalty, ainda no primeiro tempo. No terceiro golo o árbitro assistente não discurtinou o adiantamento de Farías.





6 comentários:

dragao vila pouca disse...

Coimbra tem mais encanto, vestida de azul e branco.

Foi uma jornada maravilhosa, a recordar os velhos tempos, dos jogos à tarde, com os adeptos portistas a tomarem conta da auto-estrada...4000, disse Jesualdo?! Mais do dobro, seguramente, Sr. Professor, que deram muito colinho à equipa, mesmo na fase em que ela não esteve muito bem.
Ai esta paixão, que nos consome, mas que também nos dá tantas alegrias e tantas recompensas...
Na primeira-parte, o F.C.Porto foi lento, previsível, mexeu-se pouco e mesmo tendo o domínio do jogo, foi muita parra e pouca uva. Na segunda-parte, tudo foi diferente: entrando forte, com dois jogadores sempre bem colados às linhas - Mariano na direita e Hulk ou Rodríguez, na esquerda -, que serviam Lisandro no meio e beneficiando da melhoria notória de Fernando e Meireles, o FC.Porto partiu para uma exibição consistente, segura, de qualidae superior, em que dominou, marcou e controlou, nunca deixando a Académica por o pé em ramo verde, com excepção de um lance, em que Helton fez uma extraordinária defesa.

Era, por todas as razões, ditas e reditas - eliminação da C.League e lesão de Lucho -, a que se juntou a pressão suplementar da vitória do Sporting, no dia anterior, um jogo crucial para o Campeão. E o Campeão respondeu com classe, mostrou que sabe conviver com a pressão, que tem estôfo, venceu, convenceu e deu um passo de gigante, rumo ao grande objectivo da época, que é a conquista do Tetracampeonato.

É muito difícil parar esta comunhão, dirigentes, equipa, adeptos, que juntos, resistem a tudo e a todas as campanhas, sejam elas vindas de alguns porquitos da bola, sejam elas vindas dos chorões do costume. Ser do F.C.Porto é um estado de alma que não se explica. Só quem é do F.C.Porto é capaz de sentir o que é ser Dragão.

Fazer extrapolações, que se o árbitro marcasse penalti e ele fosse concretizado, o Porto, perdia, é um exercício próprio dos perdedores. Não estavamos nós a perder ao intervalo, em Guimarães e não demos a volta?

Um abraço

ninja disse...

Boa exibição sobretudo da segunda parte. Estamos a 4 vitórias do tetracampeonato. Mariano Gonzaléz esteve muito bem.

Abraços

AZUL DRAGÃO disse...

Estamos a caminho da consagração!
Há que manter o rumo !

Abraço

Vitor Daniel disse...

Segunda parte brilhante, gostei muito de ver o F.C.Porto a jogar, foi um bom jogo onde o árbitro esteve muito mal tanto a favor como contra o F.C.Porto, de resto é de dar os parabéns aos adeptos portistas.
PS. RENOVEM COM JESUALDO SFF.

Um abraço, http://varanda-do-dragao.blogs.sapo.pt

The Blue One disse...

Dragaopentacampeao, é como dizes no meu Blog:

o FC Porto difere dos outros.

Tem dirigentes, tem treinador, tem jogadores e tem adeptos, sendo que os Dirigentes são 5 estrelas apesar de muitas vezes se remeterem a um silêncio perturbador, o Treinador melhorou muito, mas a meu ver ainda têm 4 estrelas, pois para 5 ainda têm de trabalhar mais, sendo os Jogadores e os Adeptos os únicos que merecem verdadeiramente a classificação de 5 estrelas.

Eu cada vez mais acredito no Tetra (alias nunca duvidei desde o ínicio da época), mas não deixo de sentir uma pequena tristeza por esta Liga Portuguesa não ser a verdadeira Liga do nosso FC Porto... Não há respeito pelo actual TriCampeão Nacional e ninguém o defende a não ser os propios Portistas e quando o fazem são insultados e apelidados de Corruptos por uma Comunicação Social e adeptos invejosos de outros clubes.

Mas pronto o Dragão tem de ganhar esta "Ligazita" para que na próxima época esteja mais uma vez na Liga dos Campeões que é a sua Verdadeira Liga.

Saudações Portistas!!!

Não é Portista quem quer, só é Portista quem pode

David "Jericho" Pereira disse...

Boas, vim por este meio pedir-vos para que adicionassem o meu blog de futebol aos vossos links sff

http://portal-futebol.blogspot.com/

O nome do blog é Portal Futebol


Depois quando adicionarem comuniquem-no no nosso blog para que nós também vos adicionemos

Saudações!