sábado, 15 de dezembro de 2007

DE BOM FUTEBOL SE FEZ MAIS UMA CONQUISTA

Palco do Jogo: Estádio do Dragão - Porto
Assistência: 36.812 espectadores
Competição: Bwin Liga - 13ª Jornada
Hora do Jogo: 20:45 h
FC Porto: Helton; Bosingwa, P.Emanuel, B. Alves e M. Cech; P. Assunção, R. Meireles (Bolatti 68') e Lucho G. Mariano G. 76'); Quaresma, Lisandro L. e T. Sektioui (Adriano 80')
Suplentes não utilizados: Nuno, João Paulo, Leandro Lima e H.Postiga
Árbitro: Olegário Benquerença - Leiria
Marcadores: T. Sektioui (55') e Lisandro L. (73')
Acção disciplinar: Cartão amarelo para Quaresma (37') - O quinto pelo que fica de fora no próximo jogo


Num belíssimo jogo de futebol em noite muito fria, o FC Porto somou mais uma vitória juntando mais três pontos ao seu pecúlio que lhe vai garantindo a liderança, cada vez mais confortável.

O Vitória tal como prometeu o seu treinador, apoiado por uma boa mancha de adeptos entusiastas, deu muito trabalho ao bicampeão tendo a ousadia de jogar no campo todo e pondo à prova as reais capacidades dos Dragões, valorizando quer o espectáculo quer o próprio resultado.

O FC Porto aproveitou para demonstrar, mais uma vez, que é a melhor equipa nacional e a razão porque também é a única a ombrear com os grandes da Europa.

Numa primeira parte de ritmo forte Lisandro aos 7', começou por ameaçar as redes contrárias desfeiteando o defesa vimaranense ficando à entrada da área bem colocado para o remate que encontrou no caminho da bola o guardião. Estava dado o mote. Aos 8' Quaresma a cerca de um metro da baliza já desguarnecida mete mal o pé e falha incrivelmente um golo praticamente feito. Aos 24' é a vez de Sektioui imitar Quaresma que muito bem assistido pelo mágico atirou por cima da baliza, fazendo o mais difícil!

O Jogo decorria em bom ritmo, com jogadas de fino recorte técnico onde Lucho (espectacular) Quaresma e Tarik desenvolviam a sua genialidade. O Guimarães tratava bem a bola e de quando em vez acercava-se com algum perigo da área portista onde o acerto do sector defensivo era uma constante. Pedro Emanuel dá realmente outra segurança.

O nulo da primeira parte ficou a dever-se especialmente às duas perdidas incríveis acima salientadas.

No segundo tempo o Vitória complicou ainda mais e aos 54' Alan obrigou Helton a uma grande defesa negando-lhe o golo. Na resposta Quaresma levou a bola descaído sobre a esquerda, ganhou uma insistência, colocou-a em Raúl Meireles que de pronto cruzou rasteiro na direcção de Tarik, que junto ao segundo poste não perdoou, inaugurando o marcador.

Mais tarde, aos 73' Marek Cech cruzou da esquerda, Lisandro recebe com o peito, tira o defesa do caminho e fuzila Nilson fazendo o segundo.

A partir deste momento o Porto baixou o ritmo, fez substituições e controlou até final as investidas deste forte Guimarães.

Vitória difícil mas justa da melhor equipa sob o terreno.

Destaques para Lucho Gonzalez que atravessa um momento de forma espectacular. Joga e faz jogar. Pedro Emanuel pela segurança que transmite à equipa, Lisandro pelo empenho e utilidade. Para além de apontar golos também ajuda a defender. É um todo o terreno. Quaresma pelo génio que empresta ao jogo e Tarik pelas mudanças de velocidade (apesar dos falhanços incríveis de ambos).

Com mais esta vitória vai-se desbravando o caminho para o TRI.

2 comentários:

Paulo Pereira disse...

Na ressaca da Champions, o Porto encontrou um forte opositor interno. Não será caso único, mas é dificil ver um adversário k, no Dragão, joga o jogo pelo jogo, olhando nos olhos o campeão. Mérito nesse aspecto ao Vitória, pela excelente réplica k deu aos azuis e brancos, mas a vitória é inteiramente merecida. Sofrida, sim, mas demonstrando k, tal como afirmou Jesualdo, este Porto tem soluções para quase todos os obstáculos. A melhor exibição da temporada de Helton, felino entre os postes, bela 1ª parte de Lucho, k continua em grande, o Lisandro de sempre, abnegado a trabalhar em prol da equipa, foram o garante de mais 3 pontos...

ps: E k bem me souberam os pastelinhos de Belém. Parece é k houve muita gente a comer do mesmo e a ficar com indigestão!

AZUL DRAGÃO disse...

Daí ...

A VITÓRIA SERVE-SE FRIA !