sábado, 14 de novembro de 2009

TUDO OU NADA - PRIMEIRA PARTE

Após a vitória de hoje, arrancada frente à Bósnia, na 1ª mão do play-off, jogada no estádio da Luz, Portugal ganhou uma curta vantagem na qualificação para a fase final do Campeonato do Mundo que se vai realizar na África do Sul.

Bem apoiada por cerca de 62.000 espectadores, a equipa nacional procurou desde cedo assumir o controle da partida, remetendo o adversário para uma toada cautelosa mas sempre à espreita de uma oportunidade para criar perigo às redes portuguesas.

Sem Cristiano Ronaldo lesionado, Queirós apostou na velocidade de Nani, que acabou dando frutos pois foi dele o cruzamento a que Bruno Alves deu seguimento para inaugurar o marcador. Foi um lance bem construído, Deco lançou Nani na direita, este foi à linha cruzar, a bola percorreu a área bósnia surgindo Bruno Alves ao segundo poste a rematar de cabeça, sem oposição. Estavam decorridos 31 minutos de um jogo intenso e emotivo.

Os bósnios demonstraram dispôr de um bom colectivo e em alguns momentos colocaram muitas dificuldades. Tiveram três bolas nos ferros da baliza portuguesa, que poderiam ter sentenciado um desfecho diferente.

Portugal voltou a patentear a pecha do costume, a habitual ineficácia do remate. Por duas ocasiões o resultado podia ter sido ampliado. Liedson depois de um trabalho fabuloso dentro da área desperdiçou incrivelmente, atirando ao lado e mais tarde Deco rematou para fora com a baliza à sua mercê.

A equipa portuguesa acabou por ter alguma felicidade e a passagem à fase final está ainda longe de ser concretizada. Espera à nossa selecção uma Quarta-feira de muita entrega, muita emoção, muito trabalho e muita sorte.


Bruno Alves e Meireles foram, como vem sendo hábito, as presenças portistas no onze titular. Duas belas exibições! Bruno foi igual a si próprio: raça, coragem, personalidade e ambição. O golo assenta-lhe como uma luva, um prémio mais que merecido; Meireles fez finalmente um grande jogo: Bem a defender, bem nas transições, bem a colocar a bola (mesmo nos passes longos) e bem a rematar. Até parece que se esteve a poupar para este jogo!

Rolando, a terceira unidade portista só saíu do banco para aquecer numa altura em que Bruno Alves levou um toque e ficou queixoso, sentando-se logo que se confirmou a disponibilidade do seu companheiro.

Portugal 1 Bósnia 0

Jogo no estádio da Luz -Lisboa.


Assistência: Cerca de 62.000 espectadores

Portugal: Eduardo; Paulo Ferreira, Ricardo Carvalho, Bruno Alves e Duda; Pepe, Raul Meireles e Deco (Tiago, 83m); Nani (Fábio Coentrão, 68m), Simão (Hugo Almeida, 87m) e Liedson.

Suplentes não utilizados: Rui Patrício, Miguel, Rolando e Edinho.

Treinador: Carlos Queiroz.

Bósnia: Hasagic; Jahic, Nadarevic e Spahic; Ibricic, Salihovic, Rahimic e Muratovic (Pjanic, 86m); Misimovic (Muslimovic, 81m), Ibisevic e Dzeko.

Suplentes não utilizados: Begovic, Pandza, Berberovic, Bajramovic e Medunjanin.

Treinador: Miroslav Blazevic.

Árbitro:
Martin Atkinson (Inglaterra).
Acção disciplinar: Cartão amarelo para Deco (13m), Ibisevic (14m), Muratovic (36m), Rahimic (47m), Spahic (71m).


Golos: 1-0, Bruno Alves (31m).


OFF-TOPIC

O avançado do FC Porto Hulk vestiu hoje pela primeira vez a camisola do Brasil, num jogo particular, frente à Inglaterra jogado no Khalifa Stadium em Doha, no Catar com o resultado final de 1-0 a favor dos brasileiros.

O avançado entrou aos 66m em substituíção de Luís Fabiano, numa altura em que o Brasil geria já o resultado provocando várias substituíções.

Hulk optou por jogar simples e se
m comprometer. Jogou solto na frente de ataque, num esquema de dois avançados, com liberdade de recuar no terreno.

5 comentários:

AZUL DRAGÃO disse...

1-0 (é pouco mas pode chegar)!




Um abraço

Ricardo de Sousa disse...

Estamos no Intervalo...
Quarta é para fechar com chave de ouro um apuramento dos mais dificeis que já tivemos...

Hulk, curioso que na selecção não perdeu nenhuma bola. Na Liga é quem mais perde... Talvez por isso... jogou simples.

Abraço

AZUL DRAGÃO disse...

É como dizes !

"TUDO OU NADA - PRIMEIRA PARTE"


Vamos lá à 2ª ...
Haja PORTUGAL !



Um abraço

dragao vila pouca disse...

Muito coração, nervos de aço e algum futebol. A receita para ir à África do Sul.

Um abraço

Anônimo disse...

O jogo com a Oliveirense.

A fotografia que a bola publica do campo no jogo do passado sabado é assustadora.