domingo, 30 de março de 2008

ESTRELA DE BELÉM ANUNCIA O TRI

Palco do Jogo: Estádio do Restelo - Lisboa
Competição: Bwin Liga - 24º jornada
Hora do jogo: 19:00 h
FC Porto: Helton; Bosingwa, Pedro Emanuel, Bruno Alves e Fucile; Paulo Assunção, Raúl Meireles (Kazmierczak 86' ) e Lucho Gonzalez; Quaresma, Farías (Adriano 68') e Lisandro Lopez
Suplentes não utilizados: Nuno, João Paulo, Lino, Bolatti e Hélder Barbosa
Treinador: Jesualdo Ferreira
Árbitro: Lucílio Baptista - Setúbal
Marcadores: Lisandro Lopez (49') e Lucho Gonzalez (90' g.p.)
Acção disciplinar: Cartão amarelo para Pedro Emanuel (73')


Depois de uma paragem de quinze dias, havia alguma expectativa sobre o estado do ritmo competitivo que os bicampeões apresentariam no Restelo, sabendo-se que os Dragões não costumam dar-se muito bem com este tipo de paragens. Pelo menos da minha parte ela existia.

Confesso que temia também os frequentes desacertos de que o Porto tem sido vítima por parte do árbitro indigitado para o encontro.

Porém, felizmente, as respostas às minhas dúvidas foram dadas de forma positiva quer pela equipa do FC Porto, quer pelo arbitro que até, pasme-se, assinalou uma grande penalidade a favor, contrariando a sua tendência bem como a de outros artistas do apito que nos vão escamoteando de forma despudorada lances que não suscitam quaisquer dúvidas.

Na primeira parte o Belenenses teve o mérito de ocupar bem os espaços, trocou melhor a bola, criou o primeiro lance de perigo, esteve bem melhor nas transições pelo que o resultado parcial de 1-0 a seu favor foi merecido, apesar do Porto ter "acordado" a partir talvez dos 25' com três remates muito perigosos, de Bosingwa e Lisandro que o guarda-redes lisboeta desviou para canto e por Raúl Meireles num centro-remate que levou a bola a embater na barra.

A disposição portista na segunda metade foi completamente diferente. A atitude de campeão veio ao de cima com Lucho e Lisandro a acelerarem o ritmo e então as oportunidades começaram a aparecer.

Foi o melhor período do jogo tanto mais que o Belenenses nunca virou a cara à luta, mesmo depois do empate alcançado pelo incontornável Lisandro Lopez que arrancou mais um belo momento de futebol, recebendo um passe de Lucho, numa posição central da entrada da área, dominou o esférico, evitou um adversário e fuzilou por entre as pernas de Rolando, batendo o guarda-redes contrário.

Outras oportunidades surgiram para ambos os lados. Farías e Quaresma estiveram perto de fazer o segundo, que acabaria por surgir num dos últimos lances do encontro quando Quaresma foi derrubado por Rolando dentro da área de rigor. Lucílio desta vez assinalou! Milagre!
Lucho chamado a cobrar não perdoou. Estava consumada mais uma vitória, tão difícil quanto saborosa, que nos coloca a uma vitória do TRI.

Os destaques positivos vão para Helton, Lisandro e Lucho Gonzalez. Os negativos para o abúlico Farías, que regressou à mediocridade das primeiras jornadas e também para Quaresma que apareceu muito pouco em jogo, continuando a esbanjar livres directos! Quem lhe disse que tinha jeito para esse tipo de lances enganou-o.

A festa está cada vez mais próxima pelo que o Dragão vai vestir fato de gala na próxima jornada.

7 comentários:

Wolverine23 disse...

FCP num campo muito dificil a merecer o resultado, grande Vitória onde na 2ªparte só o FCP tentou ganhar o jogo.

E o TRI CAMPEÃO está ai á porta, a festa continua, e razões de queixa tem o FCP, pois se na Época em que o FCP foi roubado escandalosamente pelos Lampiões não tivesse ficado em 2ºlugar (ainda que com culpas próprias e 3 treinadores), este ano não seria o TRI, mas sim o HEXA-CAMPEÃO, mas a mafia vermelha que os jornais e justiça (MJM) escondem, nem sequer falam disso.

Coroado deve estar com uma tremenda azia, pois nem sabe ajuizar os lances de Penaltie, Quaresma toca a bola para a frente e o defesa do Belem entra a varrer tudo na frente, só não acertou foi na bola...

http://zedobone.blogspot.com

dragao vila pouca disse...

Não concordo muito com a análise que na primeira-parte o Porto esteve mal e o resultado era justo ao intervalo. Acho que o dominio do Belem durou apenas 15 minutos e daí para a frente o F.C.Porto foi melhor: mais lances de ataque, mais remates, mais cantos , mais posse de bola, etc.Concordo que a segunda foi melhor.Resultado justo.
O lema para sábado é :não somos portistas nem somos nada senão lotarmos o Dragão.
UM abraço

Nicolau d'Almeida disse...

Grande atitude do Porto na segunda parte. Lucho liderou a reviravolta no marcador. E pronto, Sábado tudo pode ficar oficialmente resolvido. É isso, não há desculpa para não lotarmos o Dragão.

Cumprimentos.

dragao vila pouca disse...

Agora querem tirar-nos 6 pontos e impedir-nos de fazer a festa contra o Estrela. Eu que já fiz um poste sobre o assunto, não aceito.
Um abraço

Anônimo disse...

Sábado é para encher o Dragão.

Abraços

apagavela disse...

Sugestão: Próximo jogo é em canal aberto e podemos festejar mais um campeonato. Depois das capas dos jornais esta semana, devemos mobilizarmo-nos e encher o estádio com cartazes, cheios de perguntas incómodas! Ex: escutas de LFV vão a tribunal?

dragao vila pouca disse...

Os Grandes como nós só queremos ganhar nas 4 linhas, os pequenos, coitados agarram-se a tudo para ganhar.
É o maior elogio que nos podem fazer.
Convido-os a passar no meu blog, tem lá um novo post que é significativo.
Um abraço