domingo, 22 de junho de 2008

HEPTA CONQUISTADO NO REDUTO DOS RESSABIADOS

Ao cabo da quarta partida do play-off do campeonato nacional de hóquei em patins, o FC Porto ao derrotar na Luz por 4-2 os ressabiados deste país desportivo, conquistou pela sétima vez consecutiva o título, melhorando o record que já lhe pertencia.

Cedo os Dragões deram mostra de uma vontade ímpar de ver consagrada neste jogo a sua ambição.
Reinaldo Ventura com dois golos, aos 4 e aos 7 minutos desbravou o caminho que no entanto o clube da ave de rapina conseguiu equilibrar respondendo com dois golos, impondo a igualdade que durou até ao minuto 34, altura em que André Azevedo colocou de novo o FC Porto na rota do título, reforçado por Caio aos 46 minutos. Os ressabiados ainda reduziram para 3-4. aos 48 minutos mas já nada podiam fazer para alterar o rumo da história. Mais um título merecido conquistado no reduto dos infiéis.

São os seguintes os heptacampeões nacionais comandados por Franklim Pais: Edo Bosh, Filipe Santos, Pedro Moreira, Reinaldo Ventura, Emanuel Garcia, Caio, Ricardo Figueira, Jorge Silva e André Azevedo.

O treinador no final considerou: "Fomos mais regulares neste e nos últimos campeonatos. Uma das hipóteses de vencer o F.C. Porto era no play-off, mas ainda não foi esta época.
Fizemos um belíssimo jogo, fomod mais fortes e o FC Porto foi um justo vencedor. É o vencedor do campeonato da regularidade. Já estou no FC Porto há muito tempo e o objectivo é ganhar, é sempre vencer. Estamos a fazer história no campeonato português e temos trabalhado cada vez melhor para levar o nome do FC Porto à vitória".

Entretanto, enquanto o jogo decorria, uns quantos cobardes, não aguentaram a frustração de que vêem padecendo e toca de atear fogo ao autocarro em que foram transportados os adeptos portistas que se deslocaram em apoio da sua equipa. Evidentemente que o acto não foi observado pelas forças policiais dado que se tratava apenas do autocarro dos adeptos do FC Porto.

Relembro que o ano passado as mesmas forças impediram, a mando do ressabiado-mor, que o autocarro passa-se as portagens, já em Lisboa, obrigando os adeptos portistas a retornar o caminho de casa sem poderem assistir ao jogo.

Há onze anos, no final do jogo disputado na Luz, Filipe Santos foi agredido na cabeça por adeptos da ave de rapina que o deixou em estado lastimável tendo de ser operado.

Ai se isto acontece-se no Porto!

2 comentários:

AZUL DRAGÃO disse...

Belo jogo ...
e o SLB valorizou a inquestionável ATITUDE dos nossos CAMPEÕES !



Abraço

tiago araújo disse...

Belo jogo...
e o SLB fico desgostoso, como era de esperar.
Tivemos um belíssima ATITUDE dos nossos CAMPEÕES!