domingo, 21 de fevereiro de 2010

OBRIGAÇÃO CUMPRIDA COM MUITA CHAMA!

FICHA DO JOGO

(Clicar no quadro para ampliar)


Cientes de que um passo em falso seria o enterrar das aspirações da luta pelo Pentacampeonato, os jogadores do FC Porto pisaram o relvado do Dragão com o sentido pleno da responsabilidade e a determinação para descomplicar uma tarefa que se antevia trabalhosa, paciente, árdua e difícil.

Em pouco mais de meia hora, os Dragões arrumaram a questão, à custa de uma exibição segura, personalizada, categórica e eficaz.

A ala esquerda, com Varela e Álvaro Pereira endiabrados, desbarataram a defesa minhota. Aos 16' Varela trabalhou bem na esquerda, cruzou rasteiro para o coração da área onde aparece Raul Meireles sem marcação a encostar para o fundo das redes; aos 34' Alvaro Pereira com espaço à entrada da área rematou forte e colocado sem dar hipótese de defesa a Eduardo. A bola ainda sofreu um ligeiro desvio na cabeça de Paulão e aos 36' Falcao surgiu à boca da baliza a encostar para as redes após grande assistência de Varela na esquerda.

A equipa estava galvanizada e praticava futebol vistoso. O público que quase encheu o estádio vibrava. Era o retorno às grandes noites.

No segundo tempo e com um resultado confortável, o FC Porto baixou o ritmo e geriu o resultado. O Braga aproveitou para fazer algumas incursões à área portista, mas quase sempre sem grande perigo. Ainda assim foram os azuis e brancos que estiveram sempre mais perto de alterar o resultado, o que veio efectivamente a acontecer.

Primeiro por Falcao, ao 73'. Canto de Meireles na esquerda e no coração da área o colombiano subiu mais alto que a concorrência cabeceando com êxito para o fundo das redes. Finalmente por Bellushi que tinha entrado para render Varela, aproveitado uma assistência de Fucile, depois de uma insistência de Mariano Gonzalez, rematou forte e colocado, sem hipótese de defesa para Eduardo.

Empertigados pela recente decisão da Comissão Disciplinar da Liga, a união do grupo funcionou como um tónico anímico suplementar, transportando para o relvado a manifestação patenteada na véspera, aquando da conferência de Imprensa.

Que melhor resposta poderia ser dada? Sem apelo nem agravo! É assim que teremos de continuar a responder.

Boa exibição colectiva onde não é justo fazer destaques individuais, ainda que uns se tivessem destacado mais do que outros.









9 comentários:

dragao vila pouca disse...

É disto que o povo gosta!

Um Porto Vintage, inspiradíssimo, demolidor, com tantos jogadores a fazerem exibições de nível superior, um Porto que está vivo, bem vivo e é deste Porto que eles, os que fazem as coisas pelo outro lado, têm medo.

Mas o Porto de ontem, também demonstrou, que, e ao contrário do que alguns disseram, tem plantel, gente com qualidade que está aí, pronta a aparecer para uma parte final da época que promete.

Gostaria de referir, que apesar do excelente campeonato que o Braga está a fazer, nós somos muito melhores e que os jogadores que os bracarenses têm e nós não quisemos, não têm capacidade para jogar de Dragão ao peito. Digo isto, porque durante a semana os propagandistas andaram a tentar passar a mensagem que o F.C.Porto tinha dispensado para Braga melhores jogadores dos que tinha no seu plantel. Ontem, penso eu, acabaram-se todas as dúvidas a esse respeito.

Um abraço

Anônimo disse...

Não fossem os Calabotes Paixão, Ferreira e quejandos, o medricas vendido Olarápio, o jurista vs vigarista Riscado Corta (…a direito por linhas tortas…) e todos os torpes malabarismos da mourilândia, estávamos à frente das "toupeiras dos túneis". Esses ratos da provocação e da manipulação podem conseguir os seus intentos, mas vão ter que suar às estopinhas para o conseguir. E pode ser que, na sua plenitude, o feitiço se vire contra o feiticeiro… É que o nosso FCP está mais forte, robustecido, moralizado. A união faz a força! Eu acredito, vamos todos acreditar e apoiar esses briosos atletas que envergam com garbo, com muita honra, a sagrada camisola do FC Porto! Nós nunca nos abatemos, somos mais fortes quando nos querem destruir; foi assim no passado é assim no presente. FORÇA, FORÇA, PORTO!
Fernando Moreira - V. Real

The Blue One disse...

Grande Jogo de um FC Porto revoltado e farto de ser maltratado em toda a Comunicação Social e na Liga Portuguesa de Futebol.

Melhor Grito de revolta e de apoio a Hulk e Sapunaru era impossível!!!

Foi uma goleada a um Braga, que muitos coroaram como um Candidato ao Título, que faz com que nós Portistas voltemos a sonhar com o Penta...

Micael o que de tão bom vieste fazer e porque não vieste mais cedo.

Agora é o Dragão ganhar todos os jogos e esperar que os adversários escorreguem... O Benfica será com certeza o primeiro, pois a Águia já se queixa que não pode mais graças aos métodos de Treinos do Papa Pastilhas... Resta saber se o Braga quebrou ou quebrará.

Cumprimentos e saudações Portistas!!!

ultrasfcportomatosinhos disse...

Não podemos criar ilusões com este resultado mas que as contas ficaram mais equilibradas lá isso ficaram, e a atitude e postura da equipa foi a melhor que poderia imaginar, é um Porto á Porto, é por estas e por outras que tenho ORGULHO EM SER TRIPEIRO.

Abraço e saúde para todos vós.

Anônimo disse...

Outra Grande Cronica de MST, digna de 1ªPagina...

Anônimo disse...

PJ faz buscas em escritórios do F.C. Porto
14h
Nuno Miguel Maia

A Polícia Judiciária está neste momento a efectuar uma busca aos escritórios da SAD do F.C. Porto, no estádio do Dragão.

Inspectores ligados ao sector do crime económico da Judiciária de Lisboa estão desde a manhã cedo de hoje, quarta-feira, nas instalações do clube portista e mantém-se em operação de busca e apreensão de documentos e elementos informáticos.

Em causa estará um processo em que se investiga suspeita de crimes de fraude fiscal e branqueamento de capitais relacionados com transferências de jogadores.

Os factos averiguados terão partido da denúncia de Carolina Salgado, ex-namorada de Pinto da Costa, tendo os factos vindo a ser investigados pela equipa especial do ministério público coordenada pela procuradora Maria José Morgado.
----

A perseguição continua ???!!!

E além disso é optimo para "desviar atenções" e "desestabilizar" o FCP ???!!!

Anônimo disse...

17:29 - Futebol - FC Porto
PJ desliga FC Porto dos crimes que levaram as buscas no Estádio do Dragão

A Polícia Judiciária desligou hoje o FC Porto dos crimes que levaram a buscas nos escritórios da sua SAD, afirmando que o alvo é um cidadão belga suspeito de crimes fiscais.

"Em causa está um processo belga, envolvendo um cidadão domiciliado fiscalmente naquele país e o FC Porto nada tem a ver com o caso", disse à Lusa uma fonte oficial da PJ, sem esclarecer se trata empresário italo-belga Luciano D'Onofrio.

As autoridades portuguesas limitaram-se, segundo a fonte, a procurar a documentação pedida em carta rogatória das suas congéneres belgas.

Também contactado pela Lusa, Gil Moreira dos Santos, o advogado do presidente do FC Porto, confirmou que o alvo da investigação belga que conduziu a estas buscas foi Luciano D'Onofrio, que trabalhou com os "dragões" na década de 90.

Gil Moreira dos Santos disse que "bastaria que pedissem os documentos", em vez de os procurarem, e descreveu as buscas como "um fait-divers" depois do 5-1 ao Braga e em vésperas de um jogo importante com o Sporting.

Buscas similares às realizas hoje nos escritórios da SAD do FC Porto já tinham ocorrido em Junho de 2009 na sede do Barcelona, envolvendo também negócios protagonizados pelo empresário italo-belga Luciano D'Onofrio.
ojogo

Anônimo disse...

18:13 - Futebol - FC Porto
Rui Rio é testemunha de defesa de Rui Santos num processo com Pinto da Costa

O presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Rio, é uma das testemunhas de defesa apresentadas por Rui Santos, num processo que opõe o líder do FC Porto, Pinto da Costa, a este jornalista.

Rui Santos, comentador do programa Tempo Extra, na SIC, e ainda autor do livro Estádio de Choque, é acusado de dois crimes de difamação agravada a Pinto da Costa.

Rui Santos terá injuriado Pinto da Costa em dois momentos, de acordo com a acusação: em excertos do livro publicado e também no programa televisivo.

Rui Santos disse na SIC que Pinto da Costa recebia, em anos anteriores a 2004, 400 euros mensais, baseando-se num documento que transcrevia declarações do presidente portista em tribunal.

Esta quarta-feira, na primeira sessão do julgamento - sem a presença de Rui Santos -, foram ouvidos, além de Pinto da Costa, o director geral da SAD para o futebol do FC Porto, Antero Henrique, o jornalista Nuno Maia e ainda o procurador Carlos Teixeira, testemunhas arroladas pela defesa.

Carlos Teixeira ouviu Pinto da Costa em 2004, no âmbito do processo "Apito Dourado".

O presidente do FC Porto disse hoje nos Juízes Criminais do Porto que Rui Santos "mentiu", em alusão àquela declaração dos 400 euros mensais.

"Eu nunca disse em tribunal que ganhava 400 euros por mês. Até o salário mínimo, nessa altura, era mais alto do que isso. Tudo isso é uma mentira", disse Pinto da Costa, acusando também Rui Santos de fazer "livros para insultar as pessoas".

O comentador Rui Santos é ouvido a 10 de Março, pelas 14:00, na segunda sessão do julgamento.

Além de Rui Santos, é também ouvido Rui Carvalho, elemento do "staff" do FC Porto e testemunha apresentada pela acusação.

Alexandre Magalhães, crítico da gestão de Pinto da Costa no FC Porto, e os jornalistas do Expresso Ricardo Costa e Rui Gustavo são as testemunhas arroladas pela defesa e ouvidas na segunda sessão.
ojogo

Anônimo disse...

«Já houve investigações em Lisboa»

Philippe Richard, responsável pela investigação, reconheceu que Luciano D`Onofrio é o alvo das buscas realizadas esta quarta-feira na SAD do F.C. Porto.

Segundo as declarações à imprensa belga, a que o Maisfutebol teve acesso, a investigação também já passou por Lisboa.

«Em 2004, abrimos um caso contra Luciano D`Onofrio. Ele é suspeito de fraude e branqueamento de capitais. Estivemos no Porto à procura de documentos que possam ser úteis. Também já estivemos a investigar em Lisboa, Madrid, Barcelona, Hamburgo e França. Por agora, ainda não há acusação formal contra Luciano D`Onofrio», explicou Philippe Richard
"maisfutebol"