sexta-feira, 12 de março de 2010

EM COIMBRA PARA DESANUVIAR

No rescaldo da eliminação da Champions League, o FC Porto desloca-se a Coimbra para defrontar a Académica pela quarta vez esta época. Das três anteriores, duas foram para a Taça da Liga (empate em Coimbra a zero e vitória no Dragão por 1-0) e uma para a Liga Sagres (vitória no Dragão por 3-2).

Entretanto o registo das últimas deslocações (Leixões 0-0; Sporting 3-0 e Arsenal 5-0), bem como o empate caseiro (Olhanense 2-2), não deixam margem para grande optimismo neste embate.

Afastados que estão da luta pelo título, resta aos Dragões tentarem acabar a prova de forma digna, amealhando o maior numero de pontos possível. Calculo que o estado de espírito dos atletas possa estar abalado, mas acredito no trabalho da equipa técnica no sentido da sua recuperação.

Não é de esperar por isso, aliado às dificuldades habituais frente a equipas bem organizadas defensivamente, grandes performances. Aliás, os resultados desta época frente a este adversário espelham bem quanto vai ser necessário de empenhamento, concentração e eficácia.

Fernando, Farías e Orlando Sá continuam entregues ao departamento médico, onde se juntou Helton, alegadamente com dor de cotovelo (!). Hulk continua o seu calvário em função da sentença do aprendiz de justiceiro, por ter «mimado» um steward no famoso túnel da Luz.

Jesualdo Ferreira decidiu também prescindir do concurso de Fucile.

Lista dos convocados: Beto, Nuno, Miguel Lopes, Rolando, Bruno Alves, Nuno André Coelho, Álvaro Pereira, David Addy, Tomás Costa, Raul Meireles, Rúben Micael, Guarín, Belluschi, Valeri, Silvestre Varela, Falcao, Cristian Rodríguez e Mariano Gonzalez.

Se não houver mais surpresas, o professor deverá apresentar a equipa da imagem.

EQUIPA PROVÁVEL

Competição: Liga Sagres - 23ª Jornada
Palco: Estádio Finibanco Cidade de Coimbra - Coimbra
Data e hora: 13 de Março de 2010, às 21:15 h
Árbitro: João Capela - A.F. de Lisboa
Transmissão: RTP 1

3 comentários:

dragao vila pouca disse...

Expectativas:

De saber o que vai acontecer logo à noite em Coimbra, como vai reagir o F.C.Porto, depois de três jogos lastimáveis, três péssimos resultados, 10 golos sofridos e apenas 2 marcados?

Expectativas de saber se aquele grupo ainda há gente de carácter, capaz de regir com brio, com coragem, com determinação, à Dragão, para que possamos acabar a época com a dignidade que a História e o Prestígio do F.C.Porto exigem, ou então para contarmos com o pior, um triste e penoso fim de ciclo?

Portanto e concluindo, agora, mais que dizer, é esperar para ver. Tem de ser o grupo a levantar-se e recuperar para o seu lado a confiança dos adeptos, porque e isso tem sido notório, não foi por falta de apoio que estamos nesta situação.

Um abraço

Anônimo disse...

Passe pelo blogue do Antonio Boronha e leia o artigo



"estórias da bola quarenta e um"

aproposito do Benfica/Marselha e dê o relevo que entender.

Armando Pinto disse...

Acabou o jogo... e vencemos. Desta vez comento, contudo apenas para dizer que mais uma vez houve um primeiro penalty a favor do F. C. do Porto, antes portanto do marcado pela Académica, que para mim não é ou então, salvaguardando melhores opiniões, é menos visível que o outro... E curiosamente só é marcado um a favor do FCP quando já estávamos a vencer... Quanto ao resto, embora sem que fosse um grande jogo por parte da nossa equipa, assim é difícil com tantas paragens e perdas de tempo e ritmo, com a complacência da arbitragem, quando depois do 2º golo já não mais ninguém caiu da equipa negra!
Mas, felizmente, desta vez houve justiça e assim a vitória moraliza para a final que se avizinha com a equipa do regime!!!